A demanda por facetas dentais e lente de contato dental aumentaram muito nos últimos tempos. Isso se deve ao fato desses tratamentos estéticos melhorem muito a aparência do nosso sorriso.

Com o uso de facetas dentais, buscamos um tratamento menos invasivo que,  ao contrário da confecção de coroas, demandará menor desgaste dental. Essa opção de tratamento pode ser usada para corrigir a aparência estética de um dente ou do sorriso todo.

Entretanto, nem todos podem realizar esse tratamento já que alguns critérios são necessários. Continue lendo esse texto para aprender sobre :

  • Como são realizados as facetas dentais.
  • As 6 principais indicações.
  • As principais limitações e desvantagens.

Como são feitas as facetas dentais 

As facetas dentais consistem em lâminas de cerâmica, bem finas e com alta resistência e são adaptadas à boca do paciente e posicionadas na parte frontal dos dentes anteriores.  Seus resultados assemelham-se aos dentes naturais.

O tratamento com facetas é minucioso e existem diversas etapas, mas vou resumir como é realizada a sua confecção.

Para serem feitas é importante realizar uma consulta de planejamento, com a realização de fotos e confecção de modelos de estudo. Além disso é necessário realizar o pedido de exames complementares, como um raio-x periapical.

Com a análise das fotos e do sorriso do paciente, um enceramento diagnóstico é feito. Ele vai ser o “protótipo” do trabalho final.

Após a aprovação do paciente e do dentista o trabalho é iniciado. Os preparos do dente são feitos assim como os provisórios. Em um segundo momento é realizado a moldagem para a cimentação das facetas definitivas.

Sempre buscamos realizar um menor desgaste possível do dente, visando preservar sua estrutura inicial.

As 6 principais indicações 

lente de contato dentista

1) Dentes desgastados 

Os dentes podem apresentar um desgaste fisiológico (o que ocorre com o passar dos anos e é natural) ou por hábitos parafuncionais como o bruxismo.

O uso da faceta vem como solução nesses casos para devolver o tamanho normal e natural dos dentes.

 

2) Dentes desalinhados 

Quando temos dentes desalinhados ou tortos a nossa principal indicação é o uso de aparelho ortodôntico.

Porém, existem casos em que o paciente não deseja realizar tratamento de ortodontia, seja devido a idade ou por não querer esperar um tempo maior de tratamento.

Então, a segunda opção nesses casos é o uso das facetas dentais. Elas podem, de forma limitada, melhorar a forma e o alinhamento dental, porém, temos que ter em mente que nem todos os tratamentos podem ser resolvidos dessa maneira, pois existem casos onde teremos que desgastar uma quantidade maior de dente, sendo indicado uma coroa dental.

 

3) Pequenos espaços entre dentes (diastemas) 

Muitos paciente apresentam os chamados diastemas. Eles são nada mais do que pequenos espaços entre os dentes. Isso é fisiológico e em muitos caso, não ocasiona problema funcional. Entretanto, muitos se incomodam com a estética, já que podem apresentar um sorriso infantil.

Em alguns casos, a ortodontia pode ser uma solução. Em outras as facetas são a única forma de resolver o caso de forma agradável, proporcionando uma ótima harmonia do sorriso.

 

4) Dentes Fraturados 

Casos de pessoas com dente fraturado são comuns no dia dia do consultório dentário.

Nesses casos podemos realizar ou restaurações com resina fotopolimerizável ou facetas em porcelana.

Dependendo do caso, se a fratura for extensa, uma faceta é mais indicada por ter maior durabilidade. Mas caso a fratura seja pequena, uma resina seria a melhor escolha.

 

5) Grandes restaurações 

Existem casos onde existem restaurações extensas ou ainda, diversas restaurações de resina foram feitas no mesmo dente.

Na maioria dos casos, ao longo do tempo essas restaurações vão ficando mais amareladas e perdendo o brilho.

Assim, para evitar esses efeitos danosos de coloração, podemos realizar facetas nos dentes e assim obter maior durabilidade e a estética.

 

6) Manchas e pequenas descolorações dentárias 

Muitas pessoas têm diferentes tipos de manchas nos dentes.

Para algumas, um simples clareamento ou restauração é o suficiente. Já para outras é necessário um pequeno desgaste dos dentes e o uso das facetas dentais.

Vantagens do uso de Facetas Dentais 

facetas dentais

A grande vantagem desse tratamento é proporcionar a mudança completa do sorriso. Com isso, é notória a transformação da auto-estima e confiança do nosso paciente. Além disso, em muitos casos somente um pequeno desgaste é realizado, preservando a estrutura do dente.

Uma segunda grande vantagem é a naturalidade que a faceta proporciona. Já que elas são personalizadas e únicas, sendo esculpidas individualmente para cada paciente, é difícil diferenciar uma faceta de um dente natural.

Outro ponto positivo desse tratamento é o tempo. O tratamento pode ser finalizado em apenas algumas consultas.

Não posso deixar de destacar a mudança na vida social de nossos pacientes. Em nossa clinica realizamos diversos tratamento estéticos e em todos os casos notamos como um novo sorriso proporciona muito mais confiança e alegria. Basta ler os comentários que diversos pacientes deixaram para nós.

Desvantagem do uso de Facetas Dentais 

Uma desvantagem que encontramos para possibilitar que o tratamento ocorra de maneira previsível, acontece quando o paciente tem bruxismo (ranger muito os dentes).

Para contornar esse problema, devemos fazer uma placa de mordida em que o paciente deverá usar sempre durante a noite.

Além disso, é preciso ter um planejamento correto quanto a sua indicação. Existem casos que obrigatoriamente devemos realizar tratamento ortodôntico e outros nos quais a realização de uma coroa dentária é melhor.

Vale ressaltar que a correta higienização e correção de hábitos deletérios também são de grande importância para o sucesso do tratamento.

Caso você ainda tenha alguma dúvida sobre o tratamento, deixe seu comentário logo abaixo.

Att,

Davi Frossard