Dor de dente - As 3 principais Causas e Tratamentos

Dor de dente, as 3 principais causas e tratamentos

Por Davi Heringer Frossard

Dor de dente , essas 3 palavras literalmente tiram o sono de muita gente .

O desconforto no dente ou na boca ainda acomete grande parte da população, sendo a principal causa de emergência no consultório dentário.

Nesse texto irei abordar sobre as causas que levam a dor de dente ou na boca e seu tratamento.

Afinal, por que a dor de dente é tão ruim?

causas dor de dente

Primeiramente devemos entender um pouco sobre a estrutura ( anatomia dental ) do dente.

Na parte mais externa em contato com o meio bucal temos o esmalte, internamente temos a dentina e finalmente temos a parte vascularizada onde se encontra o nervo do dente, a polpa.

Quando um estímulo chega à polpa e temos uma injúria ao nervo do dente, ele responde geralmente com uma inflamação caracterizada por um aumento de volume pulpar.

Assim, por estar em uma localização com pequeno espaço e por não ter para onde se expandir, sentimos uma grande dor.

Essa dor inicialmente pode ser de pequena intensidade, indicando um problema . Com a progressão do problema, a dor se intensifica podendo causar dores agudas e constantes.

O uso de analgésicos e antibióticos ajudam no controle da dor ?

Quando se tem a dor de dente, muitos acham que com o uso de algum tipo de analgésico será suficiente para a dor melhorar.

Antes de mais nada, temos que saber o que esta ocasionando a dor no dente, até porque pode ser algo mais grave do que somente uma cárie.

O uso do analgésico e do antibiótico, faz parte do controle inicial da dor. Quando a emergência acontece, o uso de algum fármaco ajuda a aliviar temporariamente a dor.

Isso mesmo, temporariamente !

Deve-se saber que o remédio só irá aliviar a dor por algumas horas, até seu efeito acabar. Para o controle total da dor, a causa do problema deve ser eliminada, ou seja, devemos ir ao dentista para detectar a origem do desconforto.



As 3 principais causas de Dor de Dente

mulher-dor-de-dente

A dor no dente tem uma causa principal bem definida. Porém, também podemos ter dor na cavidade bucal por outros problemas, não relacionado ao dente e sim a sua estrutura circundante.

1 – Cárie dentária 

Sem sombra de dúvida é a causa principal para a dor de dente. Nesse blog já foi discutido sobre essa doença. Para mais informações, clique aqui.

A destruição do dente pela cárie começa geralmente na região do esmalte de forma pequena e localizada. À medida que a doença vai avançando para as partes mais internas do dente, na dentina e na polpa, a probabilidade de sentir cada vez mais dor de dente é comum.

Inicialmente podemos ter uma pequena sensibilidade a ingerir líquidos mais gelados, porém se a doença cárie não for controlada, a sensação dolorosa irá aumentar muito causando grande desconforto.

Além disso, a cárie se for tratada logo no início provavelmente não teremos que realizar o tratamento endodôntico, o que irá diminuir o custo e também o desconforto do tratamento.

Tratamento

Antes de pensar em tratamento, temos que pensar em prevenção. Para evitar qualquer tipo de problema ou dor, temos que realizar a higienização de forma correta e também as visitas regulares ao dentista.

Quanto ao tratamento, vamos ter que analisar cada caso com raio-x e também com a análise clínica do caso, para assim poder dar o melhor diagnóstico.

Inicialmente quando a dor é de pequena intensidade adotamos um tratamento que consiste na remoção da cárie e de posterior restauração da cavidade.

Se pelo exame de raio x detectarmos uma cárie de grande porte, muito próximo do nervo do dente, com o paciente sentindo grande desconforto, teremos que realizar o tratamento endodôntico ou em casos mais graves até a extração do dente.

2 – Doença periodontal 

demonstra_o_manequim_arcada_dentaria

A segunda causa para dor de dente é a doença periodontal. Este problema não está relacionado diretamente com o dente, mas sim com os tecidos circundantes.

Quando temos a gengiva sangrante temos um indicativo de que existe uma inflamação localizada. À medida que essa doença vai progredindo, podemos ter uma inflamação/infecção maior da região, ocasionando dor.

Tratamento

O principal tratamento para isso é a higiene diária, evitando o acúmulo de placa e, por consequência, a inflamação gengival.

Quando temos a doença instalada, precisamos de acompanhamento profissional para remover o cálculo/ tártaro e assim restabelecer a harmonia bucal novamente.

 

3 – Pericoronarite 

O terceiro grande fator que pode causar dor na cavidade oral é a periconarite.

Geralmente isso esta relacionada a pessoas jovens, quando os sisos estão “nascendo”.

Esse problema acontece por uma inflamação nos tecidos circundantes do siso. Também é um problema relacionado com a falta de higienização apropriada na região, provocada pelo mau posicionamento de siso e/ ou tecido moles, ou devido ao mau uso da técnica de higienização bucal.

Tratamento

Para o alívio da dor nessa região, geralmente é indicada a exodontia do siso.

 

Outros fatores 

avaliação dor de dente

Vale ressaltar que aqui listei as causas mais comuns de dor porém, existem outras situações que devem igualmente receber cuidados imediatos como fraturas dentárias, mobilidade dentária, presença de feridas ou regiões inchadas.

Quando estas situações ocorrerem, procure imediatamente o dentista para que seja realizado um tratamento precoce e efetivo.

 

Att, Davi Frossard

Sobre o autor

Davi Heringer Frossard

Formado na UERJ, Dr. Davi Heringer Frossard atua e possui especialização em Implantodontia pela Faculdade São Leopoldo Mandic. É um profissional que valoriza a renovação dos conhecimentos e, para tal, frequentou vários cursos, como atualização em cirurgia periodontal em Bauru, cirurgia oral menor e atualização em restaurações estéticas pela PUC. Na área acadêmica, leciona Implantodontia em cursos de pós graduação.

8 Comentários em “Dor de dente, as 3 principais causas e tratamentos

  1. Pedro disse:

    Boa noite Doutor. Cheguei ao seu site lendo coisas no Google. Olha se você consegue me ajudar: ali por maio comecei a sentir uma leve dor no dente, que foi crescendo até chegar um dia em junho que se tornou insustentável de tanta dor e fui ao dentista. Lá, o dentista disse não ter visto nada. Batemos um raio X e ele falou que poderia ser uma cárie por baixo da gengiva; fiz todo procedimento de aumento de coroa e no dia que fui fazer a restauração dessa cárie ele disse não ter encontrado nada de cárie… ou seja, sai de lá com ele me falando que não sabia o que poderia ser. De lá para cá a dor sumiu. Quando sentia dor tomava Nimesulida e ela desaparecia por completo. Era uma dor muito for, latejante. Agora, em novembro, no dia do Halloween acabei comendo uns doces e chicles no trabalho e no mesmo dia essa dor retornou, de modo diferente (agora em menor intensidade, mas constante, sem latejar). Voltei a tomar a Nimesulida e nada de efeito. Chego a ficar com dor de cabeça as vezes. Hoje é o terceiro dia, se durar mais um ou dois vou procurar um especialista. O que vc acha que pode ser? O que posso tomar? Obrigado desde já.

    1. Davi Frossard disse:

      Olá Pedro,

      É muito difícil eu apontar um diagnóstico sem analisar o dente clinicamente. Essa dor pode estar associada a uma cárie, doença periodontal, sensibilidade ou até alguma fratura. Enfim, são muitas possibilidades que somente analisando clinicamente é possível saber. Como você disse é preciso realizar uma consulta clínica com o dentista para saber o que esta acontecendo.

      1. Pedro disse:

        Imaginei, Doutor. Estive presente no dentista ontem e ele não encontrou nada novamente… é algo muito estranho. Para semana que vem marquei uma panorâmica. Obrigado pela resposta.

  2. Sara disse:

    Obrigada pela rápida resposta doutor, amanhã vou ao dentista! Parabéns pelas matérias! Sempre acompanho! Abraço

    1. Davi Frossard disse:

      Obrigado Sara ! ?

  3. Sara disse:

    Adorei a matéria mas ainda tenho uma dúvida. Fiz exercício na academia, e usei muita força nos braços, e meu rosto e pescoço chegavam a tremer e até me incomodou. No mesmo dia senti como se estivesse com dor em quatro dentes de uma vez e hj, dia seguinte ao exercício a mesma coisa…. A dor passa quando mastigo ou faço movimentos com os dentes mas depois volta, dói desde o pescoço, o queixo e a “base” dos quatro dentes. Esse esforço muscular pode ter causado dor nos dentes? Grata

    1. Davi Frossard disse:

      Olá Sara,

      Pode ser que você esteja apertando o dente ou realizando o bruxismo. Durante o exercício fique atenta se você não esta realizando isso. De qualquer maneira o ideal é você procurar um dentista na sua região para saber se existe algum outro problema.

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Google+