Você já ouviu vários relatos sobre a imensa dor quando se tem o siso inflamado. Esse dente, geralmente é o último a nascer em nossa arcada dentária, ocorrendo na adolescência ou até depois.

Devido a sua posição bem posterior na arcada, muitos acabam tendo dificuldade para higienizá-lo, por isso sua remoção é indicada. Além disso, existem casos em que esse dente nasce em uma posição alterada, comprometendo ainda mais sua manutenção na boca.

Assim, o dente siso inflamado ocorre quando há higienização deficiente da região, gerando dor e desconforto.  Esse problema também pode ser chamado de pericoronarite.

Continue a ler para aprender mais sobre:

  • Sintomas
  • O correto tratamento
  • Os cuidados quando se extrai o siso.

Sintomas do dente siso inflamado

dente siso inflamado

Podemos presumir que a correta higienização da área, o siso pode passar anos sem ter problema.

Entretanto, três situações podem dificultar a limpeza da região:

  • O siso pode não nascer na posição correta;
  • Pode existir um “pedaço” de gengiva em cima do siso, funcionando como uma “tampa” que acumula sujeira (isso pode ocorrer independente da posição dele);
  • A pessoa pode não ter abertura de boca suficiente para acessar seus dentes mais posteriores.

Nessas condições descritas, mesmo a melhor escovação da região pode não ser suficiente, uma vez que alguns resíduos de sujeira poderiam ficar escondidos, sem que a escovação e o uso de fio dental conseguissem acessá-los. Nesses casos, os riscos de inflamação e dor na região são altas.

Portanto os principais sintomas do dente siso inflamado são :

  • Dor;
  • Região vermelha;
  • Edema (inchaço) na região;
  • Gosto estranho na boca;
  • Dificuldade de abertura da boca.

Esses fatores são característicos de inflamação na região do siso. A dor pode ser aguda e é MUITO IMPORTANTE  procurar o dentista o quanto antes.

Tratamento do dente siso inflamado 

O melhor caminho para evitar o dente siso inflamado é higienizar corretamente a região. Entretanto, como dito acima, isso nem sempre é possível.

Alguns pacientes nos relatam que usam medicação por conta própria para melhorar a dor no siso. Porém, isso não é recomendável e deve ser evitado. O uso de medicamentos deve ser realizado sob supervisão do dentista, até porque, momentaneamente a dor pode melhorar mas o problema não será resolvido. Quando o efeito do remédio acabar, a dor irá voltar.

Nesses casos, o procedimento indicado é a extração do elemento dentário acometido.

 

Extração do siso

Quando a extração do siso inflamado for indicada, não fique preocupado, nem fuja! Por meio de exames e anamnese, conseguimos planejar a cirurgia de forma segura e previsível. Exames de imagem como radiografia periapical, radiografia panorâmica e até mesmo tomografia são necessários e indispensáveis (tomografia é utilizada em casos mais complexos).

Por meio deles fechamos o diagnóstico e todo o procedimento é explicado para nosso cliente e sanamos todas as suas dúvidas.

Leia mais sobre extração do siso ( Link ). 

Vídeo sobre o siso inflamado

Cuidados pós operatórios

Possuímos um texto completo sobre os cuidados pós operatórios ( link ) que o paciente deve ter. Se ainda não leu, basta clicar aqui.

Porém, vou listar os principais aqui :

  • Evitar realizar atividades físicas;
  • Evitar pegar sol;
  • Se alimentar com alimentos frios e pastosos;
  • Higienizar a região corretamente.

Esses cuidados são importantes! Consequências ruins podem ocorrer caso o paciente não siga as orientações do dentista!

Finalizando, não fique preocupado caso você realmente precise remover o siso. A cirurgia é feita com segurança e seguindo todos os cuidados pós operatórios a recuperação será muito boa.

O importante, vale ressaltar, é que o paciente busque informação e tire suas dúvidas. Só assim terá confiança no profissional que irá cuidar dele. Caso ainda esteja com dúvida, é só deixar um comentário logo abaixo.

Até a próxima,

Davi Frossard – MD Frossard Odontologia