Janeiro 2016 - MD Frossard Odontologia

Tire todas as suas dúvidas sobre a Reabilitação oral

Com o passar dos anos, podemos passar por diversos tratamentos dentários, desde a realização de uma pequena restauração até a extração de um elemento dentário. Além disso, mesmo não realizando nenhum procedimento, ainda podemos ter desgaste dos dentes ou retração gengival.

Dessa forma, existem momentos onde precisamos ou queremos devolver novamente a estética dos dentes. Nesse caso, precisamos mexer em vários dentes e envolver diversas especialidades neste processo.

A isso chamamos de Reabilitação Oral.

Todos precisam realizar uma reabilitação oral?

Não, nem todos precisam. A reabilitação se dá por duas principais causas:

  1. Quando se quer mudar esteticamente o aspecto do dente.
  2. Pela questão funcional.

Quando se tem problemas em vários dentes, precisamos intervir para devolver a função da correta mastigação e oclusão. Em outros casos, o paciente apresenta condições normais de mastigação, porém estética e saúde gengival comprometidas.

Com o passar do tempo, nossos dentes podem amarelar, a gengiva pode reabsorver, tornando o sorriso com um aspecto ruim. Assim torna-se necessário intervir com várias especialidades para devolver o aspecto saudável a boca.

Como é realizada a reabilitação dos dentes ?

reabilitação dos dentes

Antes precisamos ter em mente que a reabilitação oral é um procedimento complexo, pois envolve mudar completamente a mordida e o sorriso do indivíduo de forma a estabilizar e sanar problemas, principalmente os de mastigação.

No início precisamos de exames de imagem (tomografias e/ou raio-x). Também é preciso realizar moldagens das arcadas superior e inferior e articulá-las entre si, para checar a mordida do paciente.

Além de inspeção meticulosa da cavidade oral, um bom exame clínico que envolva a parte sistêmica do paciente é de grande importância, uma vez que com ele poderemos observar se existe alguma disfunção no organismo que possa influenciar em seu estado atual e em seu tratamento.

Após isso, poderemos dar inicio ao planejamento do caso. Como uma reabilitação dentária envolve mais de uma especialidade, sempre consultamos outros profissionais para se ter o melhor planejamento do caso.

Ao final, mostramos ao paciente qual a sequência de tratamento e como esperamos que o sorriso fique.



Quais especialidades são necessárias para uma reabilitação dentária ?

Em grande parte dos casos, praticamente todas.

Geralmente, a reabilitação começa com o tratamento periodontal. Que é o tratamento dos tecidos circundantes ao dente. Com a saúde da gengiva, podemos começar o tratamento de reabilitação.

Dependendo de cada caso, vamos iniciar por diferentes especialidades, desde cirurgia para extração, prótese fixa, implantes ou até ortodontia.

A reabilitação oral é demorada ?

reabilitação oral

Sim. E cada caso demanda um tempo diferente que envolve 3 pilares:

  1. O tempo de trabalho normal do tratamento escolhido.
  2. O tempo para que o organismo da pessoa responda ao tratamento.
  3. A freqüência e o comprometimento do paciente com o tratamento.

Conclusão

A reabilitação dos dentes, quando bem realizada, devolve a correta mastigação e harmonia do sorriso. Os resultados são bastante satisfatórios porém, temos que saber que esse tipo de tratamento não é rápido e também é custoso. Além disso, é preciso fazer a higiene de forma correta além de realizar as consultas de revisão no dentista.

Para saber sobre as especialidades e tipos de tratamentos, explore nossos textos. Temos bastante informação para dividir com você!

Deixe suas dúvidas abaixo !

Att, Davi Frossard

Google+