dezembro 2013 - MD Frossard Odontologia

Crianças e dentes quebrados

Olá a todos,

Hoje direciono o post para as crianças e dentes quebrados. Elas sempre estão querendo correr, se divertir e fazer brincadeiras e isso também pode levar a alguns acidentes.

Imagine, que seu filho esta se divertindo e de repente cai e bate a boca no chão, ao se verificar, nota-se que ele esta com o dente quebrado e seu lábio sangrando.

O que fazer?

Primeiro, fique calmo, o nervosismo não irá ajudar. Mas fique atento a não perder tempo e realizar todos os procedimentos descritos aqui.

Criança e dentes quebrados, uma mistura comum 

Um dos acidentes mais comuns em crianças são aqueles que envolvem algum trauma na boca. As vezes, durante as brincadeiras, ocorrem tombos ou pancadas que acabam injuriando lábios, língua, gengiva e também dentes.

Estes traumas podem tanto não ter sinal como também podem gerar edema, cortes ou ainda fratura dental.

O que fazer quando ocorre um acidente 

Quando uma situação dessas ocorrer, tente manter a calma e acalme a criança. Procure certificar-se que o local acometido fique limpo.

Se houver corte, tente estancar a hemorragia comprimindo o local com um pano limpo ou gaze. Peça para a criança falar pouco e evitar cuspir para assim não aumentar a hemorragia.

Após estes procedimentos, verifique se algum dente da criança está fraturado (quebrado de forma que falte um pedaço visivelmente) ou ainda se o dente foi avulsionado ( saiu inteiro da boca).

Caso isto tenha acontecido, encontre o fragmento dentário ou dente e armazene-o em um recipiente contendo soro fisiológico, leite ou ainda a própria saliva da criança para que possa assim ficar úmido, sem ressecar.

Feito isto, procure imediatamente seu dentista para que ele possa tomar providências de forma a recuperar o dente que sofreu o trauma.

Dica importante 

É importante ressaltar que tanto dentes de leite quanto dentes permanentes merecem a mesma atenção e mesmo que o trauma não tenha gerado fratura dentária, a criança deve ser levada ao dentista para que ele possa avaliar clinicamente a situação, avaliar se o dente está mole e, se necessário, fazer um RX do local e prescrever medicação.

Tenha sempre o telefone de seu dentista ao alcance!

Att.:

Davi Frossard


Google+